Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Medo da trovoada (by tagarelices ao vento)

por Tagarelices ao Vento, em 10.11.14

Isto de ser mãe/pai não tem só coisas boas, também passamos por muitas preocupações e muito cansaço. Cá em casa não têm sido tempos muito bons, primeiro foi a infecção urinária da minha filhota, que nos deixou bastante preocupados, pois ela recusava tomar o antibiótico e também o medo de que ficasse com sequelas da infecção. Agora apanhou um susto com a trovoada, que se recusa a ficar a dormir sozinha no quartinho dela. Tenho que a adormecer ao colo e mesmo assim acorda durante a noite e começa a chorar e a gritar. Ando tão cansada. Sei que não a devia adormecer ao colo, mas ela não acalma no berço e acaba por ser mais fácil. Agora vai ser bonito ela voltar a adormecer e dormir sozinha. Já passamos por outras fases assim, mas sempre consegui que ela acalmasse e voltasse a dormir sozinha sem chorar. Desta vez está a ser mais complicado, ela chega a gritar, que me corta o coração.

Já passaram por fases assim?

publicado às 14:35

Mãe é de outro mundo!

por sueamado, em 12.07.13
Ser mãe tem sido uma revelação diária, e a todos os níveis. Parece que após os 3 filhotes, a quem muito amo, mas aos quais já vou deixando crescer a personalidade, os gostos pessoais, e a quem vou atribuindo espaços, me tornei uma supermulher, com superpoderes reais, palpáveis.

Por eles a minha força física e mental aumentou exponencialmente. Por eles passei a conseguir escalar montanhas e a mergulhar em mares profundos, mas é deles que me vêm os medos irreais, daqueles que fazem doer a alma, apenas de imaginar que os não poderei proteger sempre.

Os perigos que os espreitam deixam-me em constante alerta, vagueando entre o ser racional, e "escapando-me" para o mundo dos pesadelos.

Não há amor maior, nada será jamais igualável ao que uma mãe nutre por um filho.

Mãe é de outro mundo!

publicado às 15:41

Traumas de mãe (by Tagarelices ao vento)

por Tagarelices ao Vento, em 06.05.13

Já estou a começar a sentir o bichinho da ansiedade de separação da minha filha. Para a semana vou voltar ao trabalho. Embora o pai vá ficar um mês com a nossa princesa não é a mesma coisa. Hoje amanheci com tantas saudades dela, fui logo vê-la. Sei que não posso nem devo passar esta ansiedade para ela, mas é-me dificil. As mães deviam poder ficar com os seus filhos pelos menos 6 meses, pois eles são tão pequeninos para ir para uma creche. Tenho tanto receio da forma como a vão tratar, pois ela é tão calminha e nem chora para comer, vai acabar por ficar esquecida num berço. Nestes momentos seria tão bom ter familia por perto, mas a minha vive a 80 km de distância.

E vocês como resolveram esta questão? As/Os vossas/os princesas/principes ficaram onde?

publicado às 15:34



Página Vida de Mãe




COMENTáRIOS RECENTES




calendário

Maio 2015

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31


Pesquisar

  Pesquisar no Blog




subscrever feeds