Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Alerta

por Raquel, em 09.05.15

Este é um vídeo que anda a ser bastante partilhado nas redes sociais, onde alerta o rapto das crianças.

É algo muito importante e que nem sempre nós como pais, andamos atentos.

Sensibilizem-se ao vê-lo, sensibilizando os vossos filhos para este tipo de perigo muito grande, que pode estar já ali ao virar da esquina e mesmo por baixo dos nossos olhos.

 

 

publicado às 18:11

Olhos abertos (by Raquel)

por Raquel, em 01.12.14

A minha filha hoje pergunta-me: " - Mãe, as pessoas podem morrer de olhos abertos?"

"- Sim, podem, mas nem sempre isso acontece." - respondo-lhe eu.

" - Então, quando eu morrer vou ficar de olhos abertos." - dizia-me ela.

" - Para quê?" - pergunto-lhe.

" - Assim, pensam que ainda estou viva!" - responde-me.

publicado às 20:56

Infecção urinaria em crianças (by tagarelices ao vento)

por Tagarelices ao Vento, em 13.10.14

Parece que foi ontem, mas quando olho para a minha filhota vejo que já está tão grande. Faz hoje 22 meses. Neste momento, não está a passar por um bom momento, tem uma infecção urinaria, mas já está a ser medicada. Felizmente, a pediatra alterou o antibiótico e este ela toma bem. O primeiro que tomou ela recusava o e chegava a vomitar. A pediatra explicou que para a semana terá que realizar uma ecografia renovesical para termos a certeza que não ficaram lesões. Passados 6 meses teremos que fazer novo exame. Já sabia que era grave uma infecção urinaria em crianças com idade inferior a 3 anos, mas não tão grave. Tenho receio do que aí possa vir. Alguém já passou por isto?

publicado às 22:10

Uma aula diferente (by Raquel)

por Raquel, em 15.09.14

Mais um ano letivo pela frente, e com ele, estamos nós pais sempre atentos a tudo e mais alguma coisa, preocupados com isto e aquilo, mas na maioria dos casos esquecemo-nos de muitas coisas importantíssimas.

Sim...fala-se de crise, as pessoas queixam-se que estão mal...etc, etc, mas para quem for um pouco apreciador, constata de imediato, o exagero que é no arranque do ano letivo.

Estou a falar de quê?

Perguntam-me vocês.

Estou a falar das mochilas da Violeta, das lancheiras de outra personagem qualquer que passa na tv, dos lápis, das borrachas, etc, etc, mil e uma coisas onde se gasta dinheiro sem pensar, e isto só porque a menina quer e a mamã dá, e se não dá, ela faz birra.

E a mochila do ano passado que ficou em tão bom estado?

Lixo, pois...!

Os pais de hoje, educam assim os seus filhos, só porque é fixe ver os nossos mais que tudo a passear pela escola todos vaidosos com uma mochila que está na berra.

Se eu podia fazer o mesmo aos meus filhos? Podia, claro que sim, mas tudo faço para que dêm valor ao que têm.

Nada tenho a ver com isso, pensam vocês e muito bem.

Mas o certo é que muitas das vezes esse tipo de pessoas privam essas mesmas crianças de usufruirem outras coisas que lhes seriam mais importantes.

Isto tudo para quê?

Para que reflitam, para que pensem que um dia os nossos filhos de tão habituados que estão a ter tudo, podem não conseguir aguentar esse arcaboiço quando o dinheiro lhes sair dos bolsos deles.

E tentar-lhes incumbir desde já um pouco de humildade seria uma ótima ideia, não acham?

 

Agora partilho convosco a primeira aula do ano letivo de uma professora. 

Colocou um vídeo para os alunos assistirem e para que com ele, refletissem.

Nada tem a ver com o que escrevi, mas serve para refletir de igual modo.

Bom ano letivo para pais, professores e crianças.



 

publicado às 21:28

Cuidado com os elásticos (By Raquel)

por Raquel, em 27.06.14

  

O que está na "berra" agora são as pulseiras de elásticos feitas pelos nossos filhos que já não querem outra coisa. Os meus não são exceção...mas por vezes descuidamo-nos e não vemos o perigo que essas coisas podem ter.

A pedido da Mónica vou transcrever algo que ela publicou e pediu que partilhasse:

 

"Olá, olá! CUIDADOS COM OS ELÁSTICOS! Principalmente para quem tem crianças pequenas, tenham atenção ao episódio de hoje. A minha filhota mais nova estava mais uma vez a brincar com os elásticos (estão na moda e cá em casa não é diferente). Brincadeira para cá, pulseira para lá, colares, anéis, corda de saltar, são já variadissimas as construções que desenvolve apenas com uma mão cheia de pequenos elásticos. No entanto, para meu grande espanto, fui apanhada desprevenida quando reparo que a língua da Té  está totalmente azul. Perguntei-lhe prontamente sobre o que tinha estado a comer…mas nada, limitou-se a mascar um dos elásticos com que brincava.

 

Pedi que mostrasse a língua e no meio da cor azul estavam inúmeras pequeninas partículas de elástico. Eram quase microscópicas mas estavam lá. Levei a Té à casa de banho e esteve imenso tempo para conseguir retirar o azul da língua. Não bastou passar por água, tentei de tudo um pouco e aquela porcaria não saia nem por nada. Neste momento já está tudo resolvido mas fiquei sem noção da quantidade de elástico engolido pela Té. O elástico desfez-se parcialmente na boca e de certeza que parte dele foi ingerido.

Resumindo, peço-vos que passem palavra relativa a esta questão. Imaginem o mal que aquilo poderá fazer a uma criança… Os elásticos são na sua maioria (os que se vendem na generalidade dos pontos de venda) produzidos na China e os requisitos de qualidade deixam muito a desejar. Sensibilizem as vossas filhas relativamente aos perigos de colocarem os elásticos na boca… eu já o fiz."

publicado às 14:36

Onde deixar os filhos nas férias

por Anabela, em 21.06.14

Durante as férias, não faltam opções para os inscrever-mos. Férias desportivas, idas ao cinema, acampamentos, praia, piscina, pinturas, etc. Antes não havia tanta coisa! Mesmo assim, é preciso estudar bem o assunto. Ver se todas as actividades interessam mesmo, se há algumas que à partida colocamos de parte. Se o facto, de eles poderem ficar longe de casa é positivo ou não.  Uma especie de entrevista aos "interessados" de certo que vai ajudar na decisão!

 

publicado às 17:13

Namoricos (by Raquel)

por Raquel, em 29.04.14

Enquanto jantávamos diz-me a mais pequena cá da casa:

"- Mãe, sabes uma coisa?"

"- Diz lá!" - respondo-lhe.

"- Hoje na aula de inglês, o Micael olhou para mim, sorriu e disse-me assim 'queres namorar comigo'?"

"- E tu, que respondes-te?" - perguntei-lhe eu.

"- Eu disse-lhe: 'Achas? Eu já tenho namorado, o Kiko que está na França!"

"- Tu não esqueces mesmo o Kiko. " - digo-lhe eu.

"- Sabes mãe, o Rúben do 1º ano também gosta muito de mim, mas às vezes faz coisas que irrita muito a professora."

"- E também sabes que, o Henrique vai casar com a Fabiana?"

"- Vai?" - pergunto-lhe eu.

"- Vai pois, ele anda sempre a escrever-lhe bilhetinhos a dizer amo-te e depois desenha muitos corações. Eles pensam que eu não sei, mas eu já vi muitos papéis desses no caixote do lixo e conheço bem a letra dele."

 

Agora, apelo à professora da minha filha, caso leia isto, que mantenha essas crianças "namoradeiras" na linha.

{#emotions_dlg.inlove}

 

 

 

publicado às 21:48

A História da Páscoa (by Raquel)

por Raquel, em 17.04.14
Aqui está uma forma para que os nossos mais pequenotes, entendam o significado da Páscoa e a ressurreição de Jesus.

publicado às 13:46

Cinema

por Anabela, em 01.08.13

O rapaz tanto pediu para ir ver este filme que lá lhe fiz a vontade. E não é que até eu gostei!? É preciso muita imaginação para inventar uma história destas. O engraçado é que o meu filho detesta, ou detestava, caracóis. Certamente que é um filme mais para rapazes do que para meninas, mas é basicamente um filme para crianças, divertido e original!

 

publicado às 09:40

That's what's up? (by Raquel)

por Raquel, em 17.07.13

publicado às 23:13



Página Vida de Mãe




COMENTáRIOS RECENTES




calendário

Maio 2015

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31


Pesquisar

  Pesquisar no Blog