Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



TPC (by Raquel)

por Raquel, em 29.10.13

Hoje ao ajudar a minha filha nos trabalhos de casa, deparo-me com a seguinte situação:

Ouço-a a ler um texto e de seguida começa a responder às perguntas de interpretação do mesmo.

A primeira pergunta era: "em que livro posso encontrar esta história?"

A finalidade da pergunta era que ela conseguisse ver o nome do livro no final do texto onde a história foi "retirada".

Ao qual ela muito prontamente responde:

" - Posso encontrar este texto no livro de Língua Portuguesa do 2º ano!"

...

Até gostava de ver a cara da professora ao ver esta resposta.

 

Vendo que não ía lá sózinha, tive que lhe explicar como se via isso num texto e acabada a minha explicação digo-lhe:

"- Andas sem atenção na escola e eu é que tenho que te explicar isso tudo de novo, concerteza a tua professora já te explicou isso. Pões-me velha rapariga, ai pões pões!"

Ela de novo com a resposta na ponta da língua:

"- Mas velha já tu és, não digas que sou eu que te ponho assim!!"

 

E esta hein????

Tags:

publicado às 22:17

A inocência das crianças (by Raquel)

por Raquel, em 19.10.13
Deixo-vos este vídeo espetacular...e desejo-vos um ótimo fim de semana, de preferência na companhia das "vossas criancinhas"!!

publicado às 20:04

Línguas de perguntador

por Raquel, em 16.10.13

Já que hoje se celebra o dia da alimentação, como o post anterior da Anabela referiu e muito bem, não pude de deixar de partilhar este texto que também ele pode ser inserido na roda dos alimentos do nosso dia a dia. Será????

Concerteza já todos ouviram falar neste alimento, agora comê-lo...isso é que já não sei...

O que vou postar de seguida, é algo que hoje me fez rir a sério, algo de caricato sem dúvida alguma, mas, para que percebam melhor eu vou passar a explicar.

 

Hoje quando abro o facebook, vejo a seguinte notificação dirigida à minha humilde pessoa:

(O "eu" que vão ler a seguir não sou eu, mas sim uma cunhada minha, a autora do texto.

 

"Diz a mãe (eu):
-Rafael acaba os TPC que eu vou fazer o jantar.
Diz Rafael:
-Mama tens línguas de perguntador? 
Podias fazer para o jantar , estava mesmo a apetecer-me.
(Cheia de vontade de rir) 
Eu respondo: 
-Línguas de perguntador?
Isso não é comida.
Ele diz:
-É sim que eu comi nas férias em casa da tia Raquel e estava delicioso.

 

Portanto, Raquel faça o favor de me esclarecer.
Que raio de comida deste ao meu filho?"

 

 

 

publicado às 21:34

Dia da Alimentação

por Anabela, em 16.10.13

A propósito de hoje ser o Dia da Alimentação:

Um dia destes, eu estava a arranjar uma posta de peixe ao meu filho, e uma pessoa que estava presente diz-me: " Mas tu ainda arranjas a comida ao teu filho?" E a resposta é sim, arranjo o peixe, arranjo a carne, descasco a fruta...ele fez agora 8 anos...será que já devia ser ele a fazê-lo? Tenho receio principalmente das espinhas do peixe. Também acho que é uma questão de maturidade, e reconheço que ele ainda precisa de ajuda.

Quem já passou por este processo? Sabem qual a melhor forma de "introduzir" neles esta responsabilidade?

publicado às 10:59

Está a ficar crescido o rapaz (by Raquel)

por Raquel, em 08.10.13

Hoje, por curiosidade, perguntei ao meu filho como tinha corrido a primeira aula de educação física a sério. Digo a sério, porque acho que na escola primária as aulas de educação física são a brincar e que me desculpem os professores ou outras pessoas que não pensem como eu, é apenas a minha opinião.

Ao qual, ele responde que correu bem, apesar de um único colega ter sentido vergonha ao despir-se no balneário, refugiando-se na casa de banho para o fazer.

Nada de mais, pensei eu, até acho normal que alguns miúdos sintam esse tipo de pudores nessas idades.

Eu curiosa, embora já soubesse que de vergonha o meu filho não tem quase nada (sai á mãe), pergunto-lhe:

"- E tu, também não tiveste vergonha?

"- Eu não, vergonha de quê??? Até me senti superiorizado."- responde-me ele.

"- Superiorizado, porquê? - pergunto-lhe eu.

"- Ora, era o único que já tinha pelinhos na pila." - diz-me ele, todo envaidecido.

...

E mais uma vez fico quase sem palavras, perante tal observação dele.

publicado às 21:16

Há putos assim...(by Raquel)

por Raquel, em 07.10.13

Num infantário a educadora está a ajudar um menino a calçar as botas.

Ela faz força, faz força, e parece impossível: as botas estão muito apertadas.

Ao fim de algum tempo, e a muito custo, uma bota já entrou e a outra está quase.

Nisto, diz o miúdo:

- As botas estão trocadas!

A educadora pára, respira fundo, vê que o rapaz tem razão e começa a tirar-lhe as botas.

Mais uma dose de esforço e depois ela torna a calçar-lhas, desta vez nos pés certos.

Ao fim de muito tempo e esforço, ela lá é bem sucedida e diz:

- Bolas...estava a ver que não...custou...

- Sabe, é que estas botas não são minhas! - diz o menino.

A educadora fecha os olhos, respira fundo e recomeça a descalçar novamente o rapaz.

Quando finalmente consegue, diz ao miúdo:

- Ok! De quem é que são essas botas, então?

- São do meu irmão! A minha mãe obrigou-me a trazê-las!

A educadora fica em estado de choque, pulsação acelarada, vai respirando fundo, decide não dizer nada e tenta calçar de novo o rapaz.

Mais uma série de tempo e finalmente consegue.

Por fim, diz-lhe:

- Pronto, as botas já estão! Onde é que tens as luvas?

O miúdo responde:

- Estão dentro das botas!!!

publicado às 22:35

Back!

por sueamado, em 05.10.13
De regresso à azáfama diária, aulas, roupa sempre organizada, regras mais duras, controle mais apertado, ufaaa!! Com 3 filhos, há dias que parecem missões impossíveis.

Cada um reage à sua maneira aos novos colegas, professores, horários, mas por norma acedem e aceitam na regularização e imposição materna, e apenas porque sentem que ela funciona. Não posso nunca abdicar de ser o elemento regularizador, porque o bem estar e sucesso de cada um, dependerá do meu, dia a dia.

Tenho apenas uma enorme vantagem, indo todos para a cama mais cedo, restam-me sempre uns niquitos de tempo que transforme em meus, e que bem me sabem!

publicado às 00:53



Página Vida de Mãe




COMENTáRIOS RECENTES




calendário

Outubro 2013

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031


Pesquisar

  Pesquisar no Blog




subscrever feeds